sábado, 24 de agosto de 2013

Lúcifer o Portador da Luz

Lúcifer o Portador da Luz

Muito se ouve falar de Lúcifer, mas poucos dos que falam sabem realmente quem é Lúcifer. Seu nome significa o portador da luz, aquele que revela a luz, que mostra o caminho. Na hierarquia celestial Lúcifer estava abaixo de Deus, que o criou. Deus sabia da força e poder de Lúcifer, por isto, o mantinha por perto, sempre ao seu lado.

Lúcifer tinha grande astúcia, Deus o presenteava com ouro e jóias, mas Ele sempre desejava mais, através do comércio e usurpação multiplicava seu ouro e poder. Deus então sabia das ambições de poder e tesouros de Lúcifer, sabia que sua inteligencia e conhecimento de todas as coisas poderia ser-lhe uma arma mortal.

Com o passar dos tempos, Lúcifer começa a questionar o poder de Deus, bem como sua 
forma de agir sobre os homens, descontente, Lúcifer revela seu desejo de ascender ao trono de Deus. Tomar para sí o controle do reino de Deus, pois, sabia de seu poder maior, inteligencia e perspicácia, organizou então uma "rebelião", houve a grande batalha pelo poder do reino.

Deus vendo eminente sua derrota tenta fazer um acordo com Lúcifer. Daria a Ele o reino dos Homens, e os controles sobre as riquezas, fortunas, tesouros, prazeres e Lúcifer poderia dar o mesmo a quem Ele desejar, Lúcifer poderia aumentar sua riqueza e poder com isto, e assim se fez.

Ao longo dos anos o cristianismo deturpou a imagem de Lúcifer, pois eles precisavam de alguma maneira controlar as massas para assegurar o poder, desta forma foram criadas diversas lendas e histórias que distorcem a realidade. Isto causa um desconforto e um apelo moral para que muitos continuem presos aos dogmas cristãos sem conhecer a realidade de Lúcifer.

Abaixo vemos uma estátua de Guilleum Geefs que se encontra na catedral de Saint Paul de Liége, na Bélgica, esta é uma das representações de Lúcifer, obra intitulada Le Génie du mal.



Na literatura encontramos diversas obras que falam de nosso Pai, como em "Paraíso Perdido" de John Milton, "A rebelião de Lúcifer" de Benitez entre outras obras, porém devemos nos concientizar que muitas obras são fantasiosas não podendo ser tomadas por verdade.

No cinema também encontramos diversos filmes sobre Lúcifer, porém posso destacar somente um que fala a verdade, a verdadeira face de Lúcifer, o filme "O Advogado do Diabo" onde separo este diálogo entre John Milton (Al Pacino representando Lúcifer) e Kevin Lomax (Keanu Reeves representando seu filho)



Pacto com Lúcifer

Ordem Luciferiana
Pactuar com Lúcifer é tornar-se filho dele, é comungar das energias dele, é seguir seu caminho na luz, muito contrário do que prega o cristianismo, em um pacto, não ocorre a venda da alma, nem o pactuante terá menor tempo de vida ou bobagens deste tipo. Em um pacto ocorre uma sequência de trocas.

Estas trocas são as oferendas e adorações por parte do pactuante e os favores e desejos concedidos por parte de Lúcifer, nesta troca todos ganham, o pactuante muda sua vida de forma inimaginável e Lúcifer recebe adorações e oferendas. Em um pacto a grande dúvida é como e o que pedir. Bem, pode-se pedir qualquer coisa realizável, ou seja, não adianta pedir a imortalidade, isto não é humanamente possível. os pedidos a Lúcifer devem ser feitos pelo próprio pactuante, sua fé e sua adoração moverá Lucifer a lhe atender.

Antes de realizar um pacto deve-se sempre observar se há compatibilidade, isto é realizado através de consultas, primeiro com o pactuante, depois com o próprio Lúcifer, desta forma saberemos as oferendas a dar para Lúcifer, as formas de preparar o pactuando e o dia, e momento da realização do ritual. O pacto deve ser visto como um renascimento para uma nova vida, uma nova filosofia de vida, estarás agora caminhando sob a luz de Lucifer, e Ele guiando seus passos.

Muito se pergunta sobre a preparação, não há e nunca pode haver um pacto ou trabalho sem a devida preparação espiritual e mental, tudo deve ser movido pela fé, a fé em lúcifer, o ato de crer que Ele irá lhe ajudar ou lhe atender em seu pedido. Esta preparação se dará durante sete dias em média e é feita com auxilio do Mestre que executará o ritual do pacto, É uma preparação simples em seu exterior mas complexa em seu interior. Não envolve nenhum ato ilícito, tudo é feito em sua mente.

Realizar o pacto com Lúcifer é sair das trevas e adentrar na Luz, um filho de Lúcifer jamais sofre, pois anda sempre em caminho certo, pois Lúcifer o guia e agora faz parte de você.