quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Rituais de Magia do Caos










































Rituais de Magia do Caos

A Conjuração de Qisdygym


(by Fuck-Faced Moron.103)


Pude utilizar este rito apenas uma vez, mas ele provou ser muito eficaz. Como explicação, posso dizer que qisdygym é um tipo de larva que afecta o sistema nervoso humano. Em que o atrai, ele causa "erros fatais", normalmente expressos como alguma falta de jeito (fisicamente falando) ou reações inapropriadas. Estas criaturinhas malignosas deve ser conjuradas apenas como uma ferramenta de último caso contra um inimigo; mas o que você vier a fazer, obviamente, é decisão sua.

O Rito é assim:


1. Vá até algum local com água obviamente poluída. Pode ser oceano, lago, rio, esgoto ou poça; não faz diferença alguma.

2. Recolha um pouco da água empestada em uma vasilha de madeira, no fundo do qual você desenhou ou inscreveu um sigilo de seu intento.

3. Corte-se e deixe que alguns pingos de seus sangue misturem-se ao conteúdo da vasilha. Enquanto você se corta, deve visualizar o inimigo em questão causando-lhe a dor.

4. Olhe fixamente para dentro da vasilha, mantendo o intento; não pisque ou se mova. Projete para dentro da vasilha uma esfera negra do tamanho de uma ervilha.

5. Entoe:


"Com a boca do chacal eu te chamo;
Das profundezas de Urillia eu te chamo;
De minha escuridão eu te chamo
Ia Azathoth! Ia Azathot! Ia Azathot!
Eu esmago o trapezoedro brilhante!
Qisdygym se aproxima!
Prenda-te a (nome mudano/mágico do inimigo)!
Envolva (nome mudano/mágico do inimigo) em tuas espirais!
Beba a vida de (nome mudano/mágico do inimigo)!
Qisdygym, eu te ordeno!
Com a boca do chacal eu chamo!"

Enquanto faz tudo isto, deve visualizar cada uma das cenas implícitas na evocação. O qisdygym em si, apareceu para mim como uma enguia de escuro castanho-avermelhado, com a cabeça de um rato e um apêndice prêensil, mas não tenho como saber de que modo ele vai aparecer para outras pessoas.

É importante guardar a vasilha e a água usadas na conjuração do qisdygym. Coloque-as longe dos olhos de outrem, e não as exponha à luz do sol ou da llua. Quando estiveres certo de que a larva terminou seu trabalho, queime a vasilha. Realize um banimento sobre a chama, e então derrame a água no fogo.

É igualmente importante que você não dê nome ao qisdygym, nem pense sobre ele depois que o houver enviado atrás de sua vítima. Fazer isto certamente chamará a coisa de volta para você, o que transformaria você no hospedeiro e vítima de seus efeitos. Fique de olho em sua vítima! Uma vez que o qisdygym tenha feito o trabalho, ele retornará para você, e não poderás te dar conta de sua presença até ser tarde demais.

Para dar uma idéia das capacidades do qisdygym, posso dizer que a vítima que escolhi sofreu um horrendo acidente de motocicleta que resultou em danos cerebrais permanentes.

Não deixe isso acontecer com você!

Divirta-se, tenha cuidado. E lembre-se, nem eu nem qualquer outro indivíduo tem alguma responsabilidade sobre o uso que você fizer desses adoráveis nojentinhos. Registre os resultados que porventura obtiver.


Namasté gezundheit!

Nenhum comentário:

Postar um comentário