terça-feira, 11 de setembro de 2012

Para controlar a pessoa amada

Para controlar a pessoa amada

Precisa de: - 3 grãos de incenso diabólico ( a receita está no final ); - 1 faca nova de cabo negro; - 1 braseiro de barro, em brasa, com as seguintes ervas e galhos secos: manjericão, verbena, arruda, calêndula, ramos de oliveira, pinheiro e salgueiro; - 1 mesa com um pano preto; - Sal; - Água; - Vinagre; 1º Este feitiço deve ser feito, somente, numa noite de grande trovoada, entre as 23h e as 24h. Deverá ser feito ao ar livre debaixo de um alpendre, varanda coberta ou numa gruta. 2º Em cima da mesa, ponha o braseiro a arder. Olhando para o céu, com a faca na mão direita, trace a cruz de Santo André ( esta cruz é em forma de X ) no ar. 3º Agora, diga energicamente: Espíritos negros e tempestuosos Que vagais erroneamente nas trevas Espíritos malditos, inimigos da Luz Divina Que andais revoltados e impelidos pela fúria dos elementos Eu invoco-vos nesta hora sinistra Para que vós, servindo-vos desta tempestade Do vento enfurecido e a abóbada celeste em chamas Vinde aqui!!! Sim, aqui, a este recinto, apenas iluminado por este fogão sinistro Alimentado com as sete plantas, que vos hão-de purificar ( dar um sopro no braseiro e atear o fogo com a faca, energicamente ) Vinde! Vinde! Dai-me sinais! Árvores a mexer, crianças a chorar, cães a ladrar Serpentes a rastejar, madeiras a estalar e mochos a piar. Brasas a estalar. Ah malditos ! Já vos sinto Estais aqui... ( deitar 3 grãos de incenso diabólico ) Eu ordeno-vos, espíritos errantes que Fulano ( fazer o seu pedido
Dizer a oração para despedir
Omnipotens sempiterne Deus, qui nos omnium sanctorum. Amén.
Apagar o braseiro, com água sal e vinagre.
No dia seguinte, recolher tudo e jogar no mar ou rio.
Incenso diabólico e
resina de pinho, cânfora e incenso em pó, em partes iguais. Adicionar aguardente de vinho ( bagaço ) até formar uma pasta consistente. Com os dedos, fazer bolinhas em forma de ervilha e deixar secar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário