quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Conheça o Vodu parte 5









O Vodu, Haiti e Boneco estão intimamente ligados. Saiba porque e aprenda a fazer o seu próprio boneco vodu.


O VODU é praticado a noite, numa cabana denominada Haumfort, nas paredes são desenhados símbolos divinos, como serpentes de Aida Oueda, o coração quadriculado de Erzulie, o Barco de Agouet-Arrroyo, e símbolos dos Oguns, e o nome do sacerdote, um tipo de pai de santo, denominado Hougan. E é claro, não poderia faltar as imagens dos santos católicos.

De frente para um altar, encontra-se um recipiente contendo o Damballah, uma serpente. No chão, armas simbólicas de orixás, assens africanos, e vasos (govis) que contem os espíritos das divindades..

O ritual se inicia com a sacerdotisa (manbo), possuída pela serpente (Loa) se agitando e se contorcendo, em seguida o espírito fala pela sua boca, e cada fiel , entrega suas oferendas. Na cerimônia sacrifica-se um animas domestico; galinha, bode, por exemplo.. . Todos das cerimônias, prometem nunca revelar os segredos do VODU, sob pena de uma maldição alcançará suas cabeças.O encerramento da cerimônia e feito com uma dança macabra, onde todos gritam, se agitam, a tal ponto de rasgarem suas roupas e se machucarem. Com este ato eles entram em ÊXTASE, contato direto com a Loa. Esta é a principal característica do VODU, a possessão dos fies.


Ponto riscado (Vévé) de Damballah , a Serpente, usado nas paredes Haumfort

Nenhum comentário:

Postar um comentário