terça-feira, 14 de agosto de 2012

SIMPATIAS MÍSTICAS









SIMPATIAS MÍSTICAS

Nunca a Bíblia esteve tão próxima da realidade como nos nossos tempos. Suas previsões fantásticas causam apreensão, quando olhamos ao redor e percebemos os sinais dos tempos se fazendo presente com uma força tão grande, que dispensa comentários.

O trecho abaixo foi baseado nas Cartas de João e Pedro e quem não percebe nelas o grande aviso?

"Amados, não creiais a todo espírito, mas provai se os espíritos vêm de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo. Ora, o que faço e ainda farei é para cortar ocasião aos que buscam ocasião, a fim de que, naquilo em que se gloriam, sejam achados assim como nós, pois os tais são falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, disfarçando-se em apóstolos de Cristo.
E não é de admirar, porquanto o próprio Satanás se disfarça em anjo de luz. Não é muito, pois, que também os seus ministros se disfarcem em ministros da justiça. O fim dos quais será conforme as suas obras.
Haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição.
Muitos seguirão as suas dissoluções e por causa deles será blasfemado o caminho da verdade. Também, movidos pela ganância e com palavras fingidas, eles farão de vós negócio.
A condenação dos quais já de largo tempo não tarda e a sua destruição não dormita."

A Fé Popular tem sido espezinhada dia após dias por esses falsos profetas, mas aquele que ora e conhece a Palavra está preparado para enfrentar essa horda. Urge retornar às coisas simples, à vida apegada a Deus, em contato com uma natureza preservada. Os tempos cobrarão um alto preço daqueles que se deixaram iludir pelo brilho falso do lucro e pelas palavras enganosas dos falsos profetas.

Na sabedoria do povo está a solução. Muito embora nem todo falso profeta tenha estrela na testa, a sabedoria popular sabe reconhecer o embusteiro, tanto quanto sabe preservar o que lhe diz respeito, tanto no campo material quanto no espiritual.

É justamente na junção desses dois elementos, o material e o espiritual, que se situam as Simpatias Místicas, conhecidas e utilizadas através dos séculos, desde o momento em que o primeiro homem olhou para o céu e imaginou um Ser Superior, comandando todas as suas ações.

A partir daí, juntando sua linguagem simbólica e, mais tarde, a fala, criou práticas que o fizessem se aproximar dessa divindade. No Velho Testamento, o próprio Criador instrui o povo eleito sobre como chegar até Ele, no que podemos chamar de primeiro repertório escrito de simpatias.

As Simpatias Místicas vão buscar nas mais diferentes correntes, crenças e tradições, a matéria prima para sua elaboração.

Use-as e faça delas bom proveito para si e para os outros.

andreia caetano piumhi/mg

Nenhum comentário:

Postar um comentário